A invenção da Banana Split

Quase sinônimo do imaginário que temos de lanchonetes americanas, a Banana Split é um dos Sundaes mais clássicos do mundo todo.

Seu nome vem, claro da sua base que é uma banana cortada ao meio, onde são servidas 3 bolas de sorvete — classicamente baunilha, chocolate e morango —, com uma calda (que pode ser tradicionalmente de chocolate, morango ou abacaxi) e com uma farofa de amendoins ou nozes, chantilly e, em cima de tudo, uma cereja.

Diferentemente do Sundae que não tem certidão de nascimento exata, a Banana Split tem inventor e origem conhecidas. Ela foi criada em 1904 por David Evans Strickle um aprendiz de farmácia de 23 anos em Latrobe, Pennsylvania.

David gostava de inventar Sundaes na lanchonete próxima ao seu trabalho, e a Banana Split foi um deles, que originalmente era apenas uma banana cortada ao meio e três bolas de sorvetes. Logo a loja colocou a invenção do cliente em seu cardápio. A sobremesa custava 10 centavos, o dobro de um sunday normal.

Com os anos a receita foi sendo aperfeiçoada e a primeira publicação da combinação completa como conhecemos foi feita em 1907. Daí foi uma questão de tempo (e não muito) até que ela ganhasse os EUA e em seguida o resto do mundo.